PORTAL DE EVENTOS DO IFSP ITAPETININGA, III CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO IFSP ITAPETININGA - ISSN 2318-311X

Tamanho da fonte: 
TURISMO DE MERGULHO: O PERFIL DE VIAGENS DOS MERGULHADORES NO BRASIL
Raphael Younger Gonçalves Rowe, Glauber Eduardo de Oliveira Santos

Última alteração: 2015-06-12

Resumo


Introdução: O segmento do turismo de mergulho ganha a cada ano mais adeptos no mundo e no Brasil. No entanto, a falta de estudos e pesquisas específicas sobre o mergulhador brasileiro e sobre turismo de mergulho dificultam a qualificação dos serviços de turismo oferecidos a esse segmento. Por meio de uma pesquisa aplicada pela internet foram obtidos dados e informações que permitem traçar um perfil mais preciso e atualizado do mergulhador brasileiro e seu perfil de viagens. Objetivo: O objetivo do artigo é conhecer o comportamento das pessoas que viajam para fazer mergulho autônomo, pois suas preferências e opiniões são imprescindíveis para o desenvolvimento de políticas públicas e serviços de mercado mais ajustados às necessidades e preocupações do mergulhador. Metodologia: Foi realizada uma pesquisa qualitativa com mergulhadores brasileiros por meio online durante os meses de outubro e novembro de 2014 e foram obtidas 171 respostas. Resultados: Ao analisar os dados constatou-se que 78% dos entrevistados são homens. A idade média de um mergulhador brasileiro é de 39,3 anos. 37% dos entrevistados possuem renda familiar acima de 15 salários mínimos. Os mergulhadores costumam realizar viagens para mergulhar de dois dias ou mais com maior frequência que viagens de somente até um dia. Os três destinos nacionais mais visitados pelos mergulhadores são Baía de Angra dos Reis, Litoral Norte do Rio de Janeiro e Litoral Norte de São Paulo. Os três destinos internacionais mais visitados pelos mergulhadores são Caribe, Estados Unidos e Mar Vermelho. Para viagens em que o motivo principal não é o mergulho, grande parte dos turistas acaba por mergulhar durante a viagem e ainda que esteja viajando com outros motivos, o mergulho é um fator influenciador na escolha do destino para o turista mergulhador. Conclusão: Com os resultados obtidos da pesquisa gestores de organizações privadas podem avaliar tendências de mercado e, a partir delas, traçar estratégias de posicionamento e de marketing. Gestores públicos poderão utilizar essas informações para gerir os investimentos públicos e direcioná-los para áreas com maior necessidade de recursos, seja para atender e adaptar-se à atual demanda ou para investir e aprimorar um determinado destino.

Texto completo: PDF