PORTAL DE EVENTOS DO IFSP ITAPETININGA, III CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO IFSP ITAPETININGA - ISSN 2318-311X

Tamanho da fonte: 
Atividade: O cálculo de áreas com o jogo Banco Imobiliário
Bianca Melo Rondolfo

Última alteração: 2015-07-28

Resumo


Introdução: A atividade lúdica vem sendo muito estudada nos últimos anos como forma de induzir a criatividade e desenvolver o conhecimento do aluno, de forma que na matemática, a teoria se torne útil e atraente. Assim desenvolvemos este projeto baseado no jogo Banco Imobiliário. Objetivos: Ajudar alunos do ensino fundamental a construir e entender o conceito de área de figuras planas, além de relacionar essa teoria com algo concreto, interpretando algumas atitudes que são tomadas no decorrer do jogo, como calcular áreas dos terrenos e quantas casas cabem nele, sendo que a área da casa é padrão. Metodologia: O material utilizado para aplicar essa atividade foi retirado do jogo original (tabuleiro, casas e hotéis, peões e cartas), apenas cartas de terreno foram modificadas graficamente e impressas para adaptar-se ao objetivo e então, analisando as medidas e fazendo os cálculos, a cada imóvel que o aluno coloque no terreno, gera um lucro. Utilizamos a exposição, para mostrar regras e modo de jogar, a dinâmica, para começar e conduzir o jogo, e a discussão em grupo, para a construção do conceito de área e a conclusão. Resultados: Durante a aplicação da atividade ficou notável a falta de realidade no conceito estudado, pois, os alunos citavam a área como uma fórmula matemática algébrica e depois da atividade começaram a relacionar isso com a construção de casas e medidas de terrenos, além de construir e compreender uma definição matemática abstrata. Conclusão: Os objetivos foram alcançados e a atividade lúdica aplicada neste trabalho gerou resultados positivos no ensino da matemática, sendo assim um instrumento de trabalho muito produtivo que deveria ser valorizado e utilizado com mais atenção nas escolas, pois se aplicado de forma errada pode tornar-se apenas uma distração e não resultar em aprendizagem.


Palavras-chave


Áreas, lúdicas, matemática