PORTAL DE EVENTOS DO IFSP ITAPETININGA, III CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO IFSP ITAPETININGA - ISSN 2318-311X

Tamanho da fonte: 
PANORAMA MUNDIAL E NACIONAL DA NORMA ISO 14001
Eduardo Henrique Baltrusch de Gois, Kessy Cristini Da Silva Matos Baltrusch

Última alteração: 2015-06-12

Resumo


Introdução: Com o advento das mudanças climáticas, as empresas no Brasil e no mundo, vem cada dia mais investindo no aperfeiçoamento dos seus processos produtivos, com a intenção de diminuir o impacto ambiental causado por suas operações. Estes investimentos têm como objetivos: cumprimento das legislações existentes; atingir o consumidor consciente e diminuir o consumo de recursos naturais. Para alcançar estes objetivos a maioria das grandes e médias empresas implanta um Sistema de gestão ambiental (SGA), sendo a ISO 14001 a norma mais utilizada no Brasil e no mundo atualmente. Objetivo: Conforme as evidências descritas o objetivo deste trabalho é realizar um levantamento histórico e conhecer a dinâmica de evolução da quantidade de certificações emitidas da norma ISO 14001 no Brasil e no mundo. Metodologia: A metodologia utilizada nesta pesquisa se caracteriza como quantitativa e descritiva, sendo realizada através de pesquisa bibliográfica e documental. A evolução da norma ISO 14001 nas empresas nacionais e internacionais foi obtida junto aos websites do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO) e da International Organization for Standardization (ISO). Resultados: Os números de certificações ISO 14001 no mundo chegaram a 13.994 em 1999, atingindo um acumulado de 267.457 em 2011. Entre os anos de 1999 a 2011 o percentual de certificações ISO 14001 no mundo obteve um crescimento de 1911%. Já no Brasil de 2001 a 2012 o percentual de crescimento atingiu a marca de 31.300%, foram consideradas somente as certificações realizadas com base nos critérios do Sistema Brasileiro de Avaliação de Conformidade (SBAC). O crescimento anual das certificações no Brasil atingiu seu máximo em 2005 com 330% de crescimento, porém a partir deste ano o percentual de crescimento foi diminuindo gradativamente até chegar a 3,1% em 2012. Analisando as certificações por estados de 2009 a 2012, São Paulo obteve o maior percentual de certificações (48,5%), seguido por Paraná (16,8%) e Santa Catarina (8,3%). Conclusão: Assim tanto no panorama mundial como nacional o crescimento anual vem decaindo anualmente, mesmo assim ainda se observa um pequeno aumento no acumulado de certificações.


Palavras-chave


ISO 14001; sistema de gestão ambiental; certificação ambiental; desenvolvimento sustentável.

Texto completo: PDF